CORPO PESSOAL
23/09/2016

O corpo é meu e eu escolho como quero parir!

Olá meninas,

O assunto agora é bem íntimo e muitas vezes gera polêmica, a escolha de um parto.

Como relatei em um post anterior, o parto que escolhi foi o natural humanizado (hospitalar). Muitas coisas aconteceram até eu ter certeza da minha equipe médica .

No começo da gravidez assim que iniciei o pré-Natal, fiz uma consulta rápida entre amigas de uma indicação de Obstetra que fosse boa, apenas. Foram muitas indicações, e como todas elas tinham feito parto cesária, achava eu que alguma dessas várias indicações também fizesse parto normal como eu queria.

Selecionei uma que atendia pelo meu plano, e fui para consulta. Assim que cheguei, começamos um papo e chegamos no ponto principal, o tipo do parto. De imediato já deixei bem claro que meu maior objetivo era o parto normal, logo veio a expressão dela de incerteza e de imediato me disse que “se tudo ocorresse bem, se o bebê tivesse encaixado, se não tivesse circular de pescoço, se isso, se aquilo….enfim, não senti certeza nenhuma nessa médica, só saí com dúvidas de que eu não seria capaz.

Fui embora triste, e já com o sentimento que seria quase impossível conseguir ter meu parto natural humanizado na rede privada. Fui em mais 2 pré-natais com ela, e cada visita via o quanto ela era fria e objetiva.

Os dias foram se passando, e minha incerteza só aumentava ….até que um dia em uma conversa de salão (como relatei em outro post) a minha manicure me disse que tinha uma conhecida que tinha realizado o parto normal na rede Privada, e que ela,  por incrível que pareça atendia pelo Plano. Na hora já pedi o contato e marquei a minha consulta.

Gente, assim que a Doutora que me vi, já me recebeu na porta com um sorriso largo e um abraço (totalmente diferente da outra) e durante o papo a sutileza e a delicadeza com que conduzia a conversa dali já tive a certeza que ela era realmente uma Apaixonada pela profissão e pelo parto natural humanizado.

Pronto a equipe médica já estava fechada, tudo como eu sonhava e logo depois me veio a outra questão, e a Doula?

Minha amiga doula que mora no Es não poderia me acompanhar, então comecei a busca….

Como não tinha nenhuma conhecida aqui no RJ que já tivesse passado por uma, as coisas ficaram mais difíceis, então optei por perguntar a minha Médica mesmo quem ela gostava de trabalhar, ela então me indicou 2.

Liguei para uma, marcamos uma reunião, tivemos uma longa conversa (Beto também estava presente) e de cara já gostei da conversa e da pessoa (Doula é muito pessoal, é preciso ter uma empatia).

 

Gente não tem valor, você encontrar uma equipe que você confie 100% e que tenha as mesmas preocupações que você. Felicidade me resume nessa reta final. =)

 

Ahh e o Beto (meu marido), irá participar ativamente de cada etapa do parto.

 

“O corpo é seu, e você decide da maneira que quer parir.””

Grande beijo

 

 

Envie suas dúvidas e comentários

  • Crislene Soares Nascimento

    Olá! tem como me passar o número da médica?

INSTAGRAM: @aryoficial